11.3.11

curiosidades bíblicas

QUAL O SIGNIFICADO DA EXPRESSÃO “AGNUS DEI”?

Quem responde é Georg Schwikart:

“Cordeiro de Deus. AssimJesus de Nazaré é chamado no Novo Testamento (Jo 1,29). - 1. No culto eucarístico há o canto ou recitação do ‘Cordeiro de Deus’, durante o qual parte-se a Hóstia para simbolizar a morte de Jesus. - 2. Peça que contém cera benzida pelo Papa. - Do latim = Cordeiro de Deus”[1].

[1] SCHWIKART, Georg. Dicionário ilustrado das religiões. Tradução de Pe. Clóvis Bovo. Aparecida, SP: Santuário, 2000, p.9.

Crédito da imagem:
Zurbarán, Francisco de
Agnus Dei
Óleo sobre tela, 38 x 62 cm
Museo del Prado, Madrid

PROFETAS MENORES OU LIVROS MENORES?

Você sabia?

Que foi Agostinho (354-430), o grande filósofo e teólogo cristão do final da Antigüidade, quem cunhou as expressões “profetas maiores” e “profetas menores” para designar os profetas cujos livros são mais volumosos (Isaías, Jeremias, Ezequiel e Daniel) e os demais livros, que são curtos, tão curtos que haviam sido reunidos na versão grega do Antigo Testamento (a Septuaginta) em apenas um livro, que foi chamado de “Dodecapropheton”, ou seja, “Doze Profetas” (Oséias, Joel, Amós, Obadias, Jonas, Miquéias, Naum, Habacuque, Ageu, Sofonias, Zacarias e Malaquias).

Para mim soa até ofensivo chamar profetas como Oséias, Amós e Habacuque de "profetas menores". São os meus preferidos...

Imagem:
Oséias
c. 1100
Vitral colorido, 220 x 50 cm
Catedral de Augsburg

A ORIGEM DOS SAMARITANOS

Você sabia?

Que a origem dos samaritanos remonta à época em que o Reino de Israel foi conquistado pelos assírios (722 a.C)? Estes, quando invadiram o país transformando-o em colônia, instalaram estrangeiros de muitas outras regiões. Com o tempo, eles foram se misturando com os israelitas que lá permaneceram, formando uma raça considerada impura pelos judeus.

Os samaritanos, porém, sempre observaram escrupulosamente as prescrições da Lei ou Pentateuco. Não aceitavam os outros escritos do Antigo Testamento e não freqüentavam o Templo de Jerusalém. O único lugar de culto deles era o monte Garizim (ou Gerizim), que ficava no Norte. Acreditavam na vinda do Messias, que chamavam de Taeb (= Aquele que volta). Esse messias, porém, não seria descendente de Davi, como pensavam os judeus, mas sim um novo Moisés.

Dois textos dos Evangelhos falam especificamente dos samaritanos: o capítulo 4 do Evangelho de São João e a parábola do Bom Samaritano, que está em Lucas (10:25­-37). Ainda hoje existe um grupo de samaritanos, que conserva seus costumes e crenças.

Joachim Jeremias nos diz que R. Eliezer (90 d.C) proibia comer um animal morto por um samaritano, porque a intenção do samaritado [durante o sangramento] está geralmente voltado para o culto dos ídolos. Ele diz ainda que algumas décadas antes da destruição do templo (em 70 d.C) foi posta em vigor uma determinação que considerava os samaritaos impuros desde o berço.

Fontes:
AA.VV., Bíblia. Os Caminhos de Deus II, Coleção Grandes Impérios e Civilizações. Madrid: Edições del Prado, 1996.
JEREMIAS, Joachim. Jerusalém no tempo de Jesus. São Paulo: Paulus, 1983.
BÍBLIA DE JERUSALÉM: nova edição, revista e ampliada. São Paulo. Paulus, 2003.

Imagem:
CORNELIS VAN HAARLEM
O Bom Samaritano
1627
Óleo sobre tela, 32 x 23 cm
Coleção privada

O PROBLEMA DAS IDADES DO GÊNESIS

Você Sabia?

Que os mesopotâmicos registraram idades tão surpreendentes quanto as registradas no livro de Gênesis? Veja no quadro abaixo o tempo de reinado de 10 reis mencionados no prisma dinástico de Weld, escrito em 2.170 a.C.:

Alulim - 28.000 anos;
Alamar – 36.000;
Emenluana – 43.000;
Kichuna – 43.000;
Enmengalana – 28.000;
Dumizi – 36.000;
Sibziana – 28.000;
Emendurana – 21.000;
Uburratum – 18.000;
Zinsudu – 64.000.

Há duas maneiras de interpretar o registro dessas idades tão avançadas.Teólogos mais conservadoresafirmarão ser essa uma prova de que o registro bíblico de idades centenárias como a de Matusalém (969 anos) deve ser considerada como literal. Henry Halley, por exemplo, indaga o seguinte:

"De onde vieram essas tradições, se não do fato de os
primeiros homens realmente viverem muito?
"[1].

Outros estudiosos afirmarão justamente o contrário. Idades tão avanças seriam uma maneira que acentuar a importância de homens que se destacaram na antiguidade. O prisma dinástico de Weld seria uma prova de que o exagero das idades era uma prática comum na época, já que é impossível conceber uma pessoa vivendo 64.000 anos!


Espero que você mesmo possa decidir entre essas duas opiniões!

Nota:
[1] HALLEY, Henry H. Manual Bíblico: um comentário abreviado da Bíblia, 1963, p.71.

Figura:
Prisma Dinástico de Weld
Escavado por Weld-Blundell Expedition, 1922.
Museu Ashmoleano de Oxford.

QUAL O SIGNIFICADO DA PALAVRA ALELUIA?

A palavra “aleluia” significa “louvado seja Iahveh”. O termo “hallelu” (louvado seja) + “yah” (Yahweh) = “aleluia” (louvado seja Yahweh). Segundo Sílvia Schroer e Thomas Staubli [1] a palavra “alelu” passou a ser utilizada para exprimir a idéia de “louvor” porque os povos orientais tinham o costume de demonstrar alegria com um gracioso “ulular”, tremulando a mão na garganta. Assim, “ulular” se transformou com o tempo em “alelu”. Ululemos à Yahweh!


[1] SCHROER, Silvia; STAUBLI, Thomas. Simbolismo do corpo na Bíblia. 2003, p.77.

Imagem: Detalhe de um relevo no palácio de Assurbanipal em Nínive (Iraque 668-626 a.C). Em uma comemoração de vitória por ocasião da tomada de uma cidade elamita pelo dominador assírio, as mulheres cantarolam e fazem vibrar a garganta.

O NOME “JACÓ” SIGNIFICA USURPADOR?

Por Jones Mendonça

É comum ouvirmos pessoas dizendo que o nome Jacó (Yacob) significa usurpador, mas será isso verdade? É preciso ler dois textos para que essa confusão seja eliminada. O grande problema é que as palavras “calcanhar” (yaqeb), “Jacó” (yaqob) e “enganador” ou “usurpador” (yaqab) possuem pronuncias muito semelhantes no hebraico. Esaú, após ser enganado por seu irmão diz: “não se chama com razão Jacó (yacob), visto que já por duas vezes me enganou (yaqab)?”. Na verdade o nome Jacó não significa usurpador como muitos ensinam. Esse nome tem sua origem provável na Mesopotâmia, provavelmente uma forma abreviada de yacob-el, que ocorre em inúmeros documentos antigos. Esaú faz apenas um jogo de palavras. É como se ele dissesse: “não se chama com razão yacob, visto que já por duas vezes me yaqab?”. Para complicar ainda mais, essas palavras se parecem muito com uma outra “yaqeb”, que significa “calcanhar”.

Poderíamos dizer que Yaqob (Jacó), que puxou o yaqeb (calcanhar) de Esaú e acabou se tornando seu yaqab (enganador).

Veja abaixo os textos:

Gn 25:26 - Depois saiu o seu irmão, agarrada sua mão ao calcanharde Esaú; pelo que foi chamado Jacó. E Isaque tinha sessenta anos quando Rebeca os deu à luz.

'achar yatsa' . 'ach . . . yad . 'achaz . 'esav 'aqeb (calcanhar) . . shem . qara' ya'aqob (Jacó) yitschaq shishshiym shaneh ben . . yalad

Gn 27:36 - Disse Esaú: Não se chama ele com razão Jacó, visto que já por duas vezes me enganou? tirou-me o direito de primogenitura, e eis que agora me tirou a bênção. E perguntou: Não reservaste uma bênção para mim?

. . 'amar . . . kiy qara' - shem ya'aqob (Jacó) . . . 'aqab(enganou). zeh pa'am pa'am . laqach . . bekowrah hinneh 'attah . . laqach . . berakah . . 'amar . . . 'atsal .
berakah
Espero ter esclarecido o problema!